Revide Vip

Hoje é 26 de Novembro de 2014 - Ano 28 - Edição 737

Buscar em x

Selecionar: todos | nenhum

Acompanhe a Revide

Você está em: Revide /
RSS

Blog Educação Financeira e Previdenciária

Valdir Domeneghetti domeneghetti@folha.com.br
Professor/Consultor FIPECAFI/USP-SP, mestre Administração FEA-RP/USP

Novos limites de imóveis e financiamentos do Sistema Financeiro de Habitação (SFH)

Postado em 06 de Outubro de 2013 às 19:10 na categoria Educação Financeira

Caras/os Leitoras/es, 

A partir de 01 de outubro de 2013 entrou em vigor a Resolução CMN/BACEN4.271, de 30 de setembro de 2013, que trata dos novos valores para imóvel e financiamento do Sistema Financeiro de Habitação (SFH). 

Esta resolução trouxe duas novidades: diferenciação entre limites de Estados e Distrito Federal e juros distintos para os sistemas de amortização pela Tabela PRICE e Sistema de Amortização Constante – SAC

Segundo o site financiamento.com.br (http://www.financiamento.com.br/faq/diferenca-sistema-sac-price.php) a diferença entre a Tabela PRICE e o SAC são: 

  • Tabela Price: As prestações calculadas neste sistema são constantes. Cada prestação é composta de uma cota de amortização e juros, que variam em sentido inverso ao longo do prazo de financiamento. A prestação inicial tende a ser menor, é só é aumentada em razão da aplicação da TR. Outro ponto importante a destacar, é que só se percebe a diminuição do Saldo Devedor, com aproximadamente 50% das prestações pagas.” 
  • SAC (Sistema de Amortização Constante): Trata-se do sistema atualmente mais utilizado pelos bancos. Ao longo do prazo a amortização é constante, reduzindo o principal. Como os juros são calculados com base no principal, este tende a ser decrescente. Assim, neste sistema a parcela inicial é maior, porém decresce ao longo do prazo. O Saldo devedor decresce a partir do 1º pagamento das prestações.”

Vejam os novos limites vigentes desde 01/10/2013 e os anteriores que teve a vigência entre 01/03/2011 e 30/09/2013

                               Limites de Financiamento do Sistema Financeiro Habitação (SFN)                                              valores em reais (R$)

Valor Máximo do Imóvel nos Estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo e no Distrito Federal

Valor Máximo do Imóvel nos demais Estados

Valor Máximo do Financiamento com Juros na Tabela PRICE

Valor Máximo do Financiamento com Juros no Sistema de Amortização Constante - SAC

NOVO - Vigência desde 01/10/2013 - Resolução CMN/BACEN nº 4.271, de 30 de setembro de 2013

750.000,00

650.000,00

80% (600.000,00 e 520.000,00) respectivamente

90% (675.000,00 e 585.000,00 respectivamente)

ANTERIOR - Vigência de 01/03/2011 a 30/09/2013 - Resolução CMN/BACEN nº 3.932, de 16 de dezembro de 2010

500.000,00

500.000,00

90% (450.000,00)

90% (450.000,00)

O que se pretende com os novos limites? 

Adequar os valores financiados à realidade de valorização experimentada pelos imóveis residenciais nos últimos dois anos

Qual é o efeito colateral que essa resolução do CMN/BACEN pode eventualmente causar?

Elevar ainda mais os preços dos imóveis, fazendo com que imóveis anteriormente negociados próximo do limite anterior de R$ 500 mil, suba para os novos patamares de R$ 750 mil nos Estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo e no Distrito Federal e R$ 650 mil nos demais Estados.

No próximo post, apresento novas informações deste assunto.

Envie esta notícia para um amigo
captcha
Preencha o campo a cima com os informes da imagem.
Faça um comentário
captcha
Preencha o campo a cima com os informes da imagem.

Comentários

    Nenhum comentário para esse post.